Logo AFL
Associação de Futebol de Lisboa
banner

Galeria de fotos

05.02.2016

Ilustre e credenciado historiador volta a visitar-nos!

Francisco Pinheiro, um académico de renome, cuja capacidade intelectual é superiormente reconhecida no meio, quer aquém e além fronteiras, fez o favor de aceder ao nosso convite para voltar a visitar-nos, presença que serviu para percorrer as instalações do Museu, onde admirou o valiosíssimo espólio e ouviu o rico historial que lhe está associado, ao mesmo tempo que tomou conhecimento de documentação recebida recentemente, toda ela relacionada com o futebol a nível internacional e desde os seus primórdios, dado julgarmos que tais preciosidades poderão ter interesse para os seus ininterruptos e cuidados trabalhos.

Por falar em trabalhos que tem desenvolvido até ao presente, destaque-se parte das imensas e variadas funções que desempenhou em Portugal e em todo o mundo (consigo está garantido o êxito das iniciativas), como moderador, conferencista, expositor fotográfico, membro de júri de graus académicos, editorialista, responsável por artigos publicados em jornais e revistas, participante em programas de televisão, dinamizador do Congresso de História e Desporto, evento anual, iniciado em 2012, e muito mais, mas a sua obra literária é, sem dúvida, a prova provada de que o seu legado para os vindouros merece a devida atenção pela tarefa que encetou e o objectivo a alcançar ao dar conteúdos e testemunhos a quem queira continuar a ampliar esta área de conhecimento desportivo que tão carente está de personalidades com este carácter, inspiração, sensibilidade e rigor.

Eis os títulos, alguns em parceria: “A Paixão do Povo, a história do futebol em Portugal” (editado em 2002), “Memórias de Peyroteo” (2003), “A Nossa selecção em 50 jogos, 1921-2004” (2004), “A Europa e Portugal na Imprensa Desportiva, 1893/1945” (2006), “História da Imprensa Desportiva em Portugal” (2011), “Os 6 de Estocolmo, a primeira participação portuguesa nos Jogos Olímpicos, Estocolmo 1912” (2012), “Congresso de História e Desporto” (2013), “A Bola ao ritmo de fado e samba, 100 anos de relações luso-brasileiras no futebol” (2013) e “República, Desporto e Imprensa, o Desporto na I República em 100 primeiras páginas, 1910-1926” (2013). Com a mesma convicção e qualidade está a preparar obras que vão ter garantidamente o desejado êxito.

Francisco Manuel de Jesus Pinheiro, que esteve connosco em 2001, obteve as suas credenciais académicas, em: 1993/1996, Bacharelato, “Comunicação Social”, Escola Superior de Jornalismo; 1996/1998, Licenciatura, “Jornalismo Internacional”, Escola Superior de Jornalismo; 1998/2003, Mestrado, “Estudos Históricos Europeus”, Universidade de Évora; e 2004/2010, Doutoramento, “História” (4 anos), Universidade de Évora.

Além de ter deixado a sua simpática mensagem no Livro de Honra da AFL, também autografou a sua primeira criação que já ocupava lugar de destaque na nossa biblioteca. Vamos estabelecer protocolo de permutas.

foto1


foto2


foto3


foto4


foto5


foto6


foto7


foto8


foto9


foto10


foto11


foto12


foto13