Logo AFL
Associação de Futebol de Lisboa
banner

Galeria de fotos

11-01-2015

António Quadros Foi Homenageado Pela Afl

António da Silva Quadros, eterno presidente do Recreativo Águias da Musgueira, foi hoje distinguido pela Associação de Futebol de Lisboa, em cerimónia simples que antecedeu o encontro entre a equipa do seu clube e a da Alta de Lisboa, jogo que contava para a 14ª jornada do Distrital da I Divisão, Honra.

Aderiram a esta singela consagração a maioria do executivo da Junta de Freguesia do Lumiar, liderado pelo seu presidente Dr. Pedro Delgado Alves, a Drª Sónia Paixão, chefe do Departamento de Desporto da Câmara Municipal de Lisboa e, naturalmente, dos órgãos da AFL, o Engº Carlos Teixeira, presidente da Mesa da Assembleia-geral, o Dr. Nuno Lobo e sr. José Rodrigues, respectivamente presidente e vogal da Direcção, e o sr. Helder Campos, presidente do Conselho de Arbitragem.

Ao foi-lhe entregue uma artística peça em porcelana e o diploma de agradecimento pelo muito que, desde sempre, deu ao futebol distrital, onde exerceu as funções de jogador, dirigentes, árbitro e secretário técnico, como se pode apreciar no seu currículo que a seguir se transcreve.

António Quadros agradeceu emocionadíssimo o facto da sua AFL ter-se lembrado de si.


CURRÍCULO

Nasceu na Freguesia do Lumiar, Lisboa, no dia 21 de Setembro de 1948 (65 anos).

Filho de José de Matos Quadros e de Otília Rodrigues Silva.

Estado civil: casado.

Profissão: Assentador de revestimentos, na situação de reformado.

Possui o Bilhete de identidade 4.803.069, de 17 de Dezembro de 2003.

Habilitações escolares: 2º grau de instrução primária.

Descendentes: 8 filhos (6 rapazes e 2 raparigas), 21 netos e 2 bisnetos!

Há 3 anos que, devido a doença, padece de cegueira total e é amputado dum membro inferior.

Breve introdução: Aos 13 anos de idade já jogava futebol num clube popular do Bairro, os Leões das Mouras. Aos 16 fez renascer o Recreativo Águias da Musgueira (fundado em 01.05.1963) e o representava nos torneios populares. Foi um dos fundadores do Grupo Recreativo e Desportivo do Bairro da Cruz Vermelha. Em 1971 o Recreativo Águias da Musgueira é inscrito na Associação de Futebol de Lisboa. António Quadros criou no Recreativo Águias da Musgueira secções de futebol sénior, júnior e juvenil, boxe, atletismo, luta grego romana e ginástica, cujos atletas obtiveram títulos e troféus nas competições em que participaram colectiva ou individualmente quer a nível distrital ou nacional. No dia 2 de Novembro de 1975, foi inaugurado o campo dos Sacrifícios, pertença do Recreativo Águias da Musgueira, obra imensa levada a cabo pela abnegação de uns tantos carolas liderados por António Quadros que a todos incutia espírito de conquista, trabalho e dignidade. Em 1986 concebeu o modelo de jogos desportivos da Freguesia do Lumiar que serviram de modelo para os Jogos da Cidade de Lisboa! Registe-se que o Águias da Musgueira militou na 3ª divisão nacional do futebol federativo.

António Quadros nunca virou a cara às dificuldades! A sua tenacidade, o seu dinamismo a sua força de vontade em servir é um exemplo para todos nós! Merece a nossa amizade, apreço, respeito e consideração.

FUTEBOL

JOGADOR DE FUTEBOL (7 ÉPOCAS)

REGISTADO NA A.F.L. E F.P.F. COMO AMADOR – PRATICANTE Nº 56.963

1971/1972 a 1976/77 – Representou o Recreativo Águias da Musgueira,

1977/1978 – Representou o Grupo Recreativo e Desportivo do Bairro da Cruz Vermelha.

DIRIGENTE (42 ÉPOCAS)

1972/1973 – Presidente da Mesa da Assembleia-geral do Recreativo Águias da Musgueira.

1973/1974 a 1981/1982 – Presidente da Direcção do Recreativo Águias da Musgueira.

1982/1983 a 1984/1985 – Presidente da Direcção do Grupo Recreativo e Desportivo do Bairro da Cruz Vermelha.

1985/1986 a 1990/1991 – Presidente da Direcção do Recreativo Águias da Musgueira.

1991/1992 a 1993/1994 – Presidente da Direcção do Clube Desportivo da Charneca.

1993/1994 – Presidente da Mesa da Assembleia-geral do Recreativo Águias da Musgueira.

1994/1995 e 1995/1996 – Presidente da Direcção do Recreativo Águias da Musgueira.

1996/1997 – Presidente da Mesa da Assembleia-geral do Recreativo Águias da Musgueira.

1998/1999 a 2002/2003 – Presidente da Direcção do Clube Desportivo da Charneca.

2003/2004 e 2004/2005 – Presidente da Direcção do Recreativo Águias da Musgueira.

2005/2006 – Presidente da Comissão Administrativa do Recreativo Águias da Musgueira.

2005/2006 a 2012/2013 – Presidente da Direcção do Recreativo Águias da Musgueira.

2013/2014 – Presidente da Mesa da Assembleia-geral do Recreativo Águias da Musgueira.

AUXILIAR TÉCNICO (1 ÉPOCA)

1979/1980 – Sporting Clube da Torre.

BOXE

TREINADOR (1 ÉPOCA)

1982/1983 - Grupo Recreativo e Desportivo do Bairro da Cruz Vermelha.

DIRIGENTE (1 ÉPOCA)

1983/1984 – Exerceu o cargo de Vice-Presidente da Direcção da Associação de Boxe de Lisboa.

OUTRAS ACTIVIDADES

DELEGADO À FEDERAÇÃO DAS COLECTIVIDADES DE CULTURA E RECREIO (4 ANOS)

01.01.1976 a 31.12.1979 – Em representação do Recreativo Águias da Musgueira.

MEMBRO DO EXECUTIVO DA JUNTA DE FREGUESIA DO LUMIAR (4 ANOS)

1986 a 1989 – Vogal do Desporto.

ÁRBITRO DE FUTEBOL (8 ÉPOCAS)

Frequentou com aproveitamento o curso “Mário Ribeiro”, cujo exame final verificou-se em 16 de Dezembro de 1984, conforme diploma emitido pela Federação Portuguesa de Futebol em 28 de Janeiro de 1985.

1984/1985 a 1991/1992 – Participou em 267 partidas (87 como Árbitro principal e 180 como Árbitro assistente).

ÁRBITRO DE FUTSAL (8 EPOCAS)

1985/1986 a 1992/93 – Deu a sua colaboração a dezenas de jogos distritais.

FILIOU-SE NAS SEGUINTES ENTIDADES DESPORTIVAS:

Recreativo Águias da Musgueira, sócio efectivo.

Grupo Recreativo e Desportivo do Bairro da Cruz Vermelha, sócio 6.

Sporting Clube da Torre, sócio 325.

Clube Desportivo da Charneca, sócio efectivo.

Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, sócio 1735.

Associação de Recreio e Cultura da População da Musgueira, sócio 515.

CADASTRO DISCIPLINAR

ENQUANTO JOGADOR

1971/72 – Punido com 2 jogos de suspensão por tentativa de agressão a adversário.

1973/74 – No dia 10.03.1974 foi punido com 6 jogos de suspensão por agressão a adversário. Pena agravada por ser capitão de equipa. Contudo, o castigo foi amnistiado em 3 de Maio de 1974, graças à Revolução dos Cravos.

COMO DIRIGENTE

Sofreu, na totalidade do seu longo percurso, 5 repreensões por escrito, 3 advertências, 4 meses de suspensão e procedeu ao pagamento de 458,9 euros de multas.

DISTINÇÕES RECEBIDAS

1980 - Sócio de Mérito do Recreativo Águias da Musgueira.

1983 - Sócio de Mérito do Grupo Recreativo e Desportivo do Bairro da Cruz Vermelha.

1988 – Sócio de Mérito da Associação de Futebol de Lisboa, atribuído na Assembleia-geral de 19 de Agosto de 1988, ao abrigo do artigo 6º dos Estatutos. Diploma emitido em 20 de Outubro de 1988.

1988 – Recebeu das mãos do Vereador Dr. Vítor Gonçalves a Caravela de Mérito Desportivo, atribuída pela Câmara Municipal de Lisboa.

2011 – Sócio de Mérito do Operário Futebol Clube de Lisboa, pelos 50 anos de actividade desportiva e dedicação ao recreativo Águias da Musgueira. Diploma emitido em 26 de Maio de 2011.

Nota 1: Nos anos em que exerceu a actividade de Árbitro de Futebol e de Futsal António Quadros suspendeu as funções de dirigente.

Nota 2: A Associação de Futebol de Lisboa propôs, junto da Secretaria de Estado do Desporto, comenda correspondente à dimensão do currículo de António Quadros.

foto1


foto2


foto3


foto4


foto5


foto6


foto7


foto8


foto9